Home » » CONTOS: Cunhadinha

CONTOS: Cunhadinha























Ola. Meu nome é Marcus. Eu namoro já faz mais ou menos três anos. Gosto muito da minha namorada, mas o tesão que a minha cunhadinha desperta em mim, é uma coisa fora de série. Esse caso aconteceu há pouco mais de um mês atrás. Eu conheci minha cunhada antes mesmo da minha namorada, pois éramos amigos e estudávamos juntos. Mesmo depois que comecei a namorar , eu e minha cunhada, a Carol (fictício), ainda continuamos amigos, apesar de a minha namorada ter ciúmes dessa nossa amizade. Por muitas vezes, quando eu estava na casa da minha namorada eu via minha cunhadinha sair do banho apenas de toalha, e apesar de algumas vezes nos trocarmos uns olhares, eu nunca tentei investir, pois eu não saberia qual a reação que a minha cunhadinha teria, e alem do mais eu respeitava ela e também a minha namorada.

Só que certo dia a coisa mudou um pouco de figura. Eu estava na casa da minha namorada, era um sábado a noite, e minha cunhadinha por algum motivo não iria sair naquela noite. Minha namorada estava dormindo, e eu resolvi ir embora, pois não havia mais nada pra mim fazer lá. Quando saio do quarto, me deparo com a minha cunhadinha saindo do banho só de toalha. Meu Deus, que tesão!!. Minha cunhadinha tem estatura mediana, seios pequenos e durinhos, uma bundinha grande e arrebitada e uma cinturinha muito show de bola. Um tesão de cunhada.

- Ai, que susto você me deu!! Ela disse.

- Eu sei que eu não sou muito bonito, mas você podia mentir um pouco né. Disse eu brincando.

- ahh. Para de graça Ma. Você sabe que você é bonito sim vai... ela disse e foi pro seu quarto dormir e eu fui embora.

Quase uma semana havia se passado..era uma quinta feira e eu estava na casa da minha namorada, era umas meia noite mais ou menos. Minha namorada já estava dormindo novamente quando eu resolvi ir embora. E quando saio do quarto o que é que eu vejo de novo? Sim...minha cunhadinha saindo do banho...só q desta vez ela estava com um shortinho e uma camisola (sem sutiã). Nisso ela me disse:

- sem susto dessa vez, rsrsrs...

E eu sem querer meio que no reflexo respondi:

- e sem toalha também ...

Ela fez uma carinha de safada e perguntou:

- Você prefere de que eu esteja de toalha é?

- lógico, quem sabe algum dia eu não dou sorte e a sua toalha caia na hora em que você estiver na minha frente..rsrsrs

Nessa hora, ela tirou sua camisola e ficou apenas de shortinho, na minha frente. Eu sem falar nada a peguei pela cintura, trouxe junto a mim e comecei a beijá-la.

Vamos lá pra cozinha, porque aqui minha irmã ou alguém pode escutar.... ela disse

Logo que chegamos na cozinha, eu tirei a minha camisa, tirei o shortinho da minha cunhadinha, coloquei ela de pernas aberta em cima da mesa e comecei a chupar aquela bocetinha....que delicia que era....estava todinha molhada ..bem aberta pra mim....minha cunhada gemia bem baixinho pra ninguém escutar, enquanto eu chupava aquela bocetinha maravilhosa....

Eu parei e chupar sua bocetinha e fui beijando sua barriguinha, seus seios ate chegar naquela boca gostosa. Nos levantamos e eu tirei minha roupa restante...ela se ajoelhou e começou a chupar o meu pau...que delicia de boquete...ela lambia, chupava, engolia...ela chupou meu pau todinho ate que ela se levantou e disse:

- Vem...me come...come a sua cunhadinha gostosa aqui come...

Eu então a peguei no colo e pus ela na pia com as pernas bem abertas e enquanto eu a beijava fui penetrando naquela gruta úmida, quente e apertadinha...e comecei um movimento de entra e sai bem devagar e gostoso pois nos não podíamos fazer barulho...depois de quase uns 10 minutos comendo aquela bocetinha ela gozou....sua bocetinha ate pingava de tão molhada que estava ...ela me beijou e sussurrou no meu ouvido:

- quero que você me pegue de 4 e goze no meu cuzinho....

Não precisou pedir duas vezes....coloquei ela de 4 no chão e me ajoelhei...que visão aquele cuzinho piscando pedindo pra eu comer ele...fui enfiando bem devagarzinho naquele rabo, enquanto minha cunhadinha gemia.....meu deus que delicia de foda..eu bombava cada vez mais forte...ja não tava mais nem ai pro barulho...e depois de bomba muito enchi aquele cuzinho de porra...e a minha cunhadinha gozou mais uma vez....

Nos arrumamos e combinamos de dar outras quando houver novas oportunidades....

FONTE: http://www.casadoscontos.com.br/texto/2009123
 
Support : Copyright © 2015. thamires sensual - All Rights Reserved